Forças Ocultas do mercado

As forças do Mercado Financeiro são extraordinárias.

Nos primeiros dias de Janeiro vem batendo recordes de movimentação (acima de 20 bi por dia), existe ainda muita gente fora do mercado ou por falta de conhecimento ou medo da volatilidade do mercado, (hoje cerca de 4 milhões de pessoas querem entrar no mercado, mas a falta de esclarecimento e falta de tempo as impedem de entrar no mercado.

Falta as autoridades investirem no mercado para divulgar e esclarecer bem as regras do jogo.

A verdade é que o Mercado hoje não é de um lado só, existem estratégias para ganhar comprado ou vendido e as ferramentas estão à disposição dos clientes.

O Mercado em 2018 e 2019 , cresceu mais de 40% em volume de negócios e financeiro, venha você também fazer parte do Crescimento da Bovespa.

Arlindo Lemes

Vale vai pagar juros sobre o capital de R$ 1,41 por ação

Publicado às 20h27min em 19 de Dezembro de 2019.

A Vale (VALE3) informou nesta quinta, 19, após o pregão, que seu Conselho de Administração, em reunião realizada hoje, deliberou sobre a declaração de juros sobre o capital próprio (JCP) no montante total bruto de R$ 7.253.260.000,00, correspondendo a R$ 1,414364369 por ação ordinária em circulação e por ação preferencial de classe especial de emissão da Vale. 

“Esta decisão não modifica a determinação do Conselho de Administração de suspender a Política de Remuneração ao Acionista, conforme divulgado no Fato Relevante de 27 de janeiro de 2019. A destinação do JCP será deliberada em momento oportuno, o que não ocorrerá durante a suspensão da Política de Remuneração ao Acionista”, afirmou a mineradora. 

Logo após a tragédia de Brumadinho a Vale decidiu suspender o pagamento de juros sobre o capital e dividendos.

Segundo a empresa, o referido JCP foi apurado com base nas reservas de lucro do balanço de 30 de setembro de 2019. 

A record date para os detentores de ações de emissão da Vale negociadas na B3 será no dia 26 de dezembro de 2019. 

A record date para os detentores de American Depositary Receipts (ADRs) de emissão da Vale negociados na New York Stock Exchange (NYSE) será no dia 30 de dezembro de 2019. 

A data de pagamento será definida em momento oportuno. 

As ações da Vale serão negociadas ex-direitos na B3 e na NYSE a partir de 27 de dezembro de 2019 (inclusive).

Whatsapp do Finance News:

Para receber notícias entre no grupo pelo link:https://chat.whatsapp.com/BCyYlNUswMIJrsCVR7UKAl

Remessa de dinheiro ao exterior: veja como economizar  

Quer fazer remessas para o exterior por um custo zero? Saiba os detalhes

TAGS: JCP da Vale, juros sobre o capital próprio, Vale

  Compartilhar

PRINCIPAIS DO FINANCENEWS:

Celesc aprova JCP de R$ 51 milhões

Via Varejo projeta crescimento de dois dígitos na receita total consolidada para 2020

Vale vai pagar juros sobre o capital de R$ 1,41 por ação

CCR diz que ANTT reduziu em 5,26% tarifa básica de pedágio da Nova Dutra

Petrobras vai pagar R$ 0,42 de juros sobre capital próprio

Publicado às 19h30min do dia 19 de Dezembro de 2019.

O Conselho de Administração da Petrobras (PETR3, PETR4) aprovou nesta quarta, 18, a distribuição de remuneração antecipada aos acionistas sob a forma de juros sobre capital próprio (JCP), no valor total bruto de R$ 2.352.827.349,18 equivalente a R$ 0,42 por ação preferencial em circulação.

O pagamento do referido JCP será realizado em 07 de fevereiro de 2020.

A data de corte para os detentores de ações de emissão da Petrobras negociadas na B3 será no dia 26 de dezembro de 2019 e a record date para os detentores de American Depositary Receipts (ADRs) negociadas na New York Stock Exchange – NYSE será o dia 30 de dezembro de 2019.

As ações da Petrobras serão negociadas ex-direitos na B3 e NYSE a partir de 27 de dezembro de 2019. 3.

Os detentores de ADRs receberão o pagamento a partir de 17 de fevereiro de 2020. O valor de R$ 0,42 será corrigido pela taxa Selic de 31/12/2019 até o dia 07/02/2020. 

TAGS: JCP da Petrobras, Petrobras

Tweet Compartilhar

PRINCIPAIS DO FINANCENEWS:

Celesc aprova JCP de R$ 51 milhões

Via Varejo projeta crescimento de dois dígitos na receita total consolidada para 2020

Vale vai pagar juros sobre o capital de R$ 1,41 por ação

CCR diz que ANTT reduziu em 5,26% tarifa básica de pedágio da Nova Dutra

Mercado Financeiro

OPERAÇÕES ESTRUTURADAS / AÇÕES ALUGADAS.

O mercado está sempre inovando , e hoje quase 150 bilhões de reais (mensais) são giros de mercado, com o dinheiro do proprietário de ações que são utilizadas para estimular as baixas de ações no mercado e assim pagando 0,50% ao ano o empreendedor vende ações estimulando sua baixa e aplicando o dinheiro a 4,50% ao ano em seguida vem a baixa e assim para quem vendeu e está devendo em ações vai ganhar mais um pedaço.


Recentemente a Bovespa está pensando em fazer uma portaria para melhorar esse tipo de operação e pode levar o mercado pra cima pois o custo do aluguel é irrisório e o risco sempre é maior para quem compra e espera 30 anos para realizar lucros.


O giro do mercado é sempre bom e estimula a liquidez.
Sempre vamos ter os prós e contras a respeito do tema e agora com juros para 2020 a retomada do crescimento acima de 2,50% aa., pode e deve levar a bolsa em valorizar 50% ou mais.

Arlindo Lemes

Commodities

Minério de ferro: A jornada desta quarta-feira foi mais uma com o registro de importante valorização para os contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, avançou 1,77% para 622,00 iuanes por tonelada.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em janeiro foram negociados na entrega a US$ 56,52 por barril no momento da escrita, avançando 0,75%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro subiram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em fevereiro do próximo ano, encerraram a jornada a US$ 1.484,75 por onça troy, avançando 0,02%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • IPC Fipe MENSAL
  • Produção industrial mensal (outubro)
  • Produção industrial anual (outubro)
  • PMI composto Markit mensal (novembro)
  • PMI serviços Markit mensal (novembro)
  • Fluxo cambial semanal

■ Indicadores Internacionais

  • Zona do Euro – PMI serviços Markit mensal (novembro)
  • Zona do Euro – PMI composto Markit mensal (novembro)
  • Reino Unido – PMI composto Markit mensal (novembro)
  • Reino Unido – PMI serviços Markit mensal (novembro)
  • Alemanha – PMI serviços Markit mensal (novembro)
  • Alemanha – PMI composto Markit mensal (novembro)
  • EUA – PMI composto Markit mensal (novembro)
  • EUA – PMI serviços Markit mensal (novembro)
  • EUA – PMI ISM não-manufatura mensal (novembro)
  • EUA – Variação de estoques de petróleo EIA semanal
  • Variação de empregos privados ADP mensal

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
MRVE3  +7,28% R$ 18,72
GOLL4 +4,01% R$ 34,98
BBSE3  +3,88% R$ 35,86
SMLS3 -8,46% R$ 31,04
CSNA3 -3,77% R$ 12,78
GOAU4 -2,48% R$ 7,85

Arlindo Lemes 

Mercado financeiro

LUCROS DOS BANCOS ,CONTINUAM BONS EM 2019 , MESMO COM JUROS MAIS BAIXOS. 

ITAÚ E BANCO DO BRASIL

PROVENTOS…

O Banco do Brasil (BOV:BBAS3) e o Itaú Unibanco (BOV:ITUB4) aprovaram a distribuição de pagamento de juros sobre capital próprio.

O Banco do Brasil aprovou a distribuição de R$ 502,3 milhões em JCP relativos ao quarto trimestre de 2019, a R$ 0,17617400289 por ação. Os JCPs serão pagos em 30 de dezembro tendo como base a posição acionária de 11 de dezembro.

Assim, para receber esse provento, o acionista deve manter o papel em sua carteira até o fechamento do pregão do próximo dia 11, o que corresponde à ‘data com’ dos direitos, enquanto que no dia 12 as ações serão negociadas “ex-juros”, ou seja, quem investir a partir desta data não poderá receber tais proventos.

Já o Itaú Unibanco aprovou a declaração de juros sobre o capital próprio no valor de R$ 0,037560 por ação. O montante será pago até 30 de abril de 2020 com base na posição acionária do dia 12 de dezembro. Após retenção de IR na fonte, o valor, em juros líquidos, será de de R$ 0,031926 por ação.

Como aproveitar?

com nossa consultoria, comprar escalonado e alavancado até dia 10.12.19, alavancados e de preferência com hedge para proteção e vender depois do dia 16.12.19.  (ganhar de 3% a 5% no período de 6 dias).

Arlindo Lemes

Mercado financeiro

O Mercado é realmente fascinante e, não exatamente o que queremos, e sim um dependente de fluxos financeiros da grandeza das alavancagens que nem sempre é percebida pelos leigos, as ferramentas para alcançar os objetivos dos lucros estão a disposição de todos, eu costumo comparar o mercado ao um jogo de xadrez (com estratégias e muito bom senso podem trazer resultados muito bons para todos nós), o risco é proporcional ao lucro sempre e não perdoa o investidor que entra no mercado sem parâmetros.

Hoje é muito provável que o  Copon volte baixar os juros para o patamar mais baixo de todos os tempos no Brasil, e mostrando que o Governo Bolsonaro está vencendo a queda de braços com seus opositores. As reformas da previdência vai nos proporcionar mais de 1 trilhão de economia para os próximos 10 anos , as privatizações estão caminhando e já embolsaram 40 bi em 2019 e é esperado mais 250 bi para 2020 , as vendas de imóveis do governo federal com juros baixos vai fazer tremer o mercado imobiliário em 2020 e 2021 trazendo mais 1 trilhão de reais para o caixa do governo, a estabilização do dólar a R$4,00 reais já está consolidada, a baixa de juros a caminho de 4,00%aa em 2020 e 2021 também está consolidada e sem volta e a Bolsa de Valores mostra valorização em 2019 de 31% , assim a mim me parece que estamos ainda plantando para novas colheitas.

ARLINDO J.L SILVA  Outubro 2019.