Mercado e suas tendências.

Depois de 6 meses de alta (+) 11% o D.J., ensaia uma queda estimada por especialista em 5% (1500 pontos no seu índice), segundo Jorge Soro, saudável para o mercado Americano.

Esta queda de curto prazo poderá influenciar nossos ativos no Brasil com as operações alavancadas vencendo em 13.02.20 (índice futuro) e Opções em 21.02.20 respectivamente.

www.lancesinteligentes.com.br

Arlindo Lemes.

Meu ponto de vista

Depois de uma espera de 70 dias em alta , o Mercado afundou nesta semana vindo de 119.000 para 114.000, era uma bolha?

Ao meu ver foi um movimento normal e realizou lucro dos comprados no curto prazo, resta agora farejar quando vão voltar às compras robustas , o Copon já já (Fevereiro) vai anunciar novo corte nos juros e o mercado já precificou 4,25% aa, ao meu ver esta semana ainda vai ser de baixa e chegar perto de 110 mil, onde as estratégias deverão mudar nas operações estruturadas para um ajuste melhor.

E por enquanto Fevereiro vai ser marcado pela baixa de curto prazo e veremos que não foi hoje que virou pra baixo, o Mercado está em compasso de cai em um dia e sobe no outro, estamos diante de uma crise de epidemia de fato? Ou uma farsa (Coronavírus) como já aconteceu no passado, o Mercado é sábio e sabe colocar os ativos em seus preços.

Hoje observamos que durante o pregão o principal papel (Petrobrás), caiu 1% e o Mercado subiu 0,77% (acontece que o petróleo está em baixa já caiu  22% de 70,00 dolares para 56,00 dolares em apenas 20 dias., enquanto isso na China os ativos caíram em média (-) 8% , não estamos seguros que vai subir no curto prazo.